A HISTÓRIA DOS 89 ANOS DO CLUBE – NA GAÚCHA ZH

A história dos 89 anos do clube de esportes náuticos criado pelo dono da loja Casa Masson.

Leopoldo Geyer foi um dos pioneiros da vela no Rio Grande do Sul e um dos principais difusores da modalidade no Brasil.

Fonte: gauchazh

Ricardo Chaves 21/05/2019 – 17h25min

Iate Clube Guaíba, fundado em 1930,comemora seus 89 anos no próximo final de semana com regatas e um velejaço Iate Clube Guaíba / Arquivo

No dia 1º de maio de 1930, Leopoldo Geyer (1889–1985) fundava em Porto Alegre um clube esportivo para os funcionários da Casa Masson, da qual era proprietário. Leopoldo escolheu a data justamente para fazer referência à fundação da própria Masson, em 1º de maio de 1871. A sede do clube se localizava em uma das salas da empresa, na Rua dos Andradas esquina com a Rua Marechal Floriano, destinada a tratar apenas os assuntos da agremiação.

O nome escolhido para a entidade foi Massinjoia, a semente do que hoje é o Iate Clube Guaíba. Em 1940, foi aprovada pelo conselho deliberativo a possibilidade de admitir como sócias pessoas que não pertenciam ao quadro de funcionários da Casa Masson. Neste mesmo ano, Leopoldo Geyer ofereceu uma sede náutica para o associação, localizada na Av. Guaíba, 866.

Fascinado pelos esportes náuticos desde a adolescência, Geyer foi figura fundamental no desenvolvimento destas modalidades no Estado. Foi responsável por uma excursão a Montevidéu, no Uruguai, ocorrida em 1937 e vista por estudiosos como a provável primeira presença de brasileiros em um campeonato internacional de vela. Participou de clubes náuticos no Rio de Janeiro e em São Paulo, além de fundar a Federação de Vela e Motor e a Sociedade dos Amigos da Vela, pioneira em facilitar o acesso às embarcações para pessoas de poucas posses. Em 1934, participou da abertura do clube Veleiros do Sul e foi responsável também pelo nascimento do Clube dos Jangadeiros, no final de 1941.

Leopoldo Geyer (1889–1985), fundador do Iate Clube GuaíbaAlfonso Abrahan / Arquivo Pessoal

O ingresso como sócio de Jorge Geyer, um grande entusiasta da vela e filho de Leopoldo, permitiu o incremento do clube náutico dentro da agremiação, que, em fevereiro de 1942, foi transferida para perto do fim da linha do bonde República, na Av. Praia de Belas, 2.198, entre as ruas Costa e Barbedo.

Em 18 de maio de 1946, ficou resolvida a alteração do nome do clube para Iate Clube Guaíba. Com o aterro e a regularização da Av. Praia de Belas, o acesso à água ficou dificultado. Tornava-se necessária uma nova sede. Em julho de 1958, foi solicitada a doação de um terreno na baía do Cristal, cuja concessão foi obtida em 1960, por meio da lei municipal 2.080. As obras para a construção dos molhes foram iniciadas em 1980, sendo concluídas em 1983.

O clube comemora seus 89 anos no próximo final de semana, dias 25 e 26, a partir das 13h, com a realização de um velejaço e de regatas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *