ANEQUIM SOLTA AMARRAS RUMO AO URUGUAI

Com destino a La Paloma (Uruguai), o músico, escritor e velejador Duca Leindecker, atracou na última semana no trapiche do Rio Grande Yacht Club (RGYC). Duca desceu com o Anequim, Müller 315, de Porto Alegre (Iate Clube Guaíba) e deixou o veleiro seis dias ancorado pois precisava retornar a capital para cumprir uma agenda de shows. 

O velejador que também é instrutor de Paraquedismo e Piloto Tandem, diz que a Vela chegou em sua vida há pouco tempo. O primeiro contato com o esporte foi quando gravou o programa ‘No Limite’ com a apresentadora Pipa. “ Era um programa de aventura. Íamos fazer uma escalada. Saiamos de uma marina na Lagoa da Pinguela. Foi lá que conheci o cara que depois de dez anos seria o meu professor de Vela.” explica Duca. O velejador comenta também que o professor viu o seu entusiasmo pelo esporte e ficou sempre em contato sugerindo que fizesse ao menos uma aula de vela. “Foi em um dessas ligações  que aceitei e estou nessa trajetória a quase dez anos”. 

Duca conta a Comunicação do RGYC que ficou fascinado quando viu o veleiro andar contra o vento “Foi nesse momento que despertei. Não acreditava que o barco andava “de contra vento (risos)”. Com as aulas se intensificando, o músico comprou um Bruma 19 e continuou aprendendo o esporte na Lagoa dos Barros, durante cinco anos. Depois trocou o veleiro por um O’Day 23. “ Agora faz um ano que estou com esse Müller 315, o Anequim”. 

Quando questionado sobre sua experiência com a Vela, Duca conta que velejou muito em Lagoas com o seu O’day. “Decidi pegar o mar com o Anequim. Já fiz Floripa duas vezes e também já velejei com o casal do #SAL. Mas com o meu barco é a primeira vez que vou sair”. Duca ficará com a família no Uruguai até março. “ Quando chegar em La Paloma retorno de carro para Porto Alegre pego a família e volto ao Uruguai” explica.

Outro fato interessante é que Duca contou com muito entusiasmo a Comunicação do RGYC foi que tirou o 1º Lugar na Regata Limpa Trapiche do Iate Clube Guaíba, recentemente. “Já participei de outras regatas. Mas essa é a primeira que eu ganhei” conta feliz.

Duca Leindecker conta com a presença de dois amigos e velejadores  Viviane Pestano e Lissandro Cantidio do Iate Clube Guaíba. “ Amigos que a Vela me trouxe” completa.

Fonte: Rio Grande Yacht Club (RGYC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *